Tendinite Calcárea

 

O que é Tendinite Calcárea?

Damos esse nome ao depósito de cálcio no tendão. No ombro o tendão mais acometido é o do músculo supraespinhal. Acontece mais frequentemente entre 30 -50 anos e sua origem é desconhecida.

Quadro clínico

O sintoma predominante é a dor que pode ser de início lento ou agudo. A dor costuma ser localizada na face lateral do braço com piora ao deitar. Existem diferentes fases dessa doença, de maneira didática podemos dividí-la em fase de formação e de reabsorção da calcificação. Os sintomas são maiores na fase de reabsorção onde há uma inflamação bursal importante devido à irritação causada pela molécula de cálcio.Tendinite Calcárea 1

Exame físico

A tendinite calcária causa dor à elevação do braço e às manobras de irritação subacromial.

Exame de imagem

Primeiro exame de investigação são radiografias simples de ombro, nas incidências de frente, perfil e axilar. A ecografia pode identificar calcificações menores. A ressonância magnética localiza com precisão a região da tendinite e as lesões associadas.
Tendinite Calcárea 2

 

 

Tratamento

O tratamento inicial consiste no alívio dos sintomas e controle da inflamação. Antiinflamatórios convencionais e corticoides podem ser usados assim como gelo. A infiltração subacromial de corticoide é realizada nos casos agudos de dor mais intensa. A fisioterapia ajuda a manter a amplitude da articulação até porque pacientes com tendinite calcária tem uma chance maior de evoluirem para capsulite adesiva. Quando os sintomas não cedem com o tratamento conservador ou o paciente apresentar dor crônica, indicamos a remoção da calcificação por videoartroscopia. No período pós-operatório é importante que o paciente comece a fisioterapia precocemente para evitar a rigidez do ombro.

Tendinite Calcárea 3Tendinite Calcárea 4

error: Content is protected !!