Ombro do Arremessador

O que é Ombro do Arremessador

É uma expressão vinda do inglês throwing shoulder que define sintomas no ombro de pessoas que praticam esportes de arremesso como: vôlei, tênis, handebol, beisebol, etc. O problema pode ter origem na cadeia cinética (quadris, coluna e tronco), na escápula (discinesias escapulares), na glenoumeral (problemas capsulares) e alterações anatômicas (lesões de manguito, labro, bíceps).Ombro do Arremessador 1

Quadro clínico

Geralmente o paciente refere dor em alguma fase do arremesso, mais comumente no momento de rotação externa máxima. Pode haver dor após a prática e sintomas como fraqueza e subluxações (ombro solto)

Exame físico

É comum encontrarmos discinesias escapulares (alteração do ritmo escápulo-umeral), encurtamento da cápsula posterior caracterizado por diminuição da rotação interna do ombro e afrouxamento da cápsula ântero-inferior responsável pelo aumento da abdução-rotação externa. Dor no movimento do arremesso principalmente na fase de arremesso tardio

Ombro do Arremessador 2

Exame de Imagem

A ressonância magnética é o melhor exame para esses casos. É importante avaliar a integridade do complexo cápsulo-labral, origem da cabeça longa do bíceps e o manguito. A adição de contraste intraarticular (artro-ressonância magnética) pode auxiliar no diagnóstico de lesões menores.

Tratamento

É preciso abordar o atleta como um todo. Melhorar a cadeia cinética de membros inferiores e tronco, corrigir a discinesia escapular com exercícios específicos para escápula (vide cartilha de exercícios), corrigir o encurtamento da cápsula posterior e reforçar a musculatura da cintura escapular principalmente o manguito rotador. Quando os sintomas não cederem com o tratamento conservador e houverem lesões anatômicas no ombro, a videoartroscopia poderá estar indicada para corrigir cirurgicamente as alterações anatômicas.

Ombro do Arremessador 3Ombro do Arremessador 4

error: Content is protected !!