Exercícios e manguito rotador

Dor na região do ombro é uma queixa extremamente comum na prática do ortopedista e do fisioterapeuta e cerca de 40% dos pacientes com esta queixa clínica apresentam alguma desordem envolvendo o manguito rotador. Se não devidamente tratadas, as lesões do manguito rotador podem gerar quadros de dor persistente e incapacidade funcional importantes.1

Para o tratamento das desordens relacionadas ao manguito rotador, o tratamento fisioterapêutico é fundamental para a recuperação funcional dos pacientes. Um estudo com 452 pacientes demonstrou que cerca de 75% dos pacientes com problemas relacionados a lesões não traumáticas do manguito rotador são tratados com sucesso pelo fisioterapeuta.2 Essa grande taxa de sucesso terapêutico se deve em boa parte à realização de exercícios terapêuticos, ferramenta importante para o tratamento de lesões do manguito rotador.3

Os exercícios terapêuticos são prescritos de acordo com a demanda funcional do paciente, com os objetivos do tratamento, estado atual do problema e visam a aumentar a força, resistência e potência muscular, restaurar a coordenação e capacidade de controle dos músculos da região do ombro, e reduzir níveis de dor. Dessa forma, o tratamento fisioterapêutico por meio de exercícios é capaz de restaurar a função dos pacientes com altas taxas de sucesso.

Diversos tipos de exercício podem ser recomendados, e a prescrição está totalmente relacionada aos objetivos terapêuticos do paciente. Dentre os exercícios mais comumente adotados, destacam-se os exercícios posturais, exercícios passivos para ganho de amplitude de movimento do ombro, exercícios de flexibilidade (alongamento) e exercícios ativos voltados aos músculos do manguito rotador e região escapular (para ganho de força, resistência, potência ou controle neuromuscular).2,3,4

É importante ressaltar que os exercícios terapêuticos para o manguito rotador podem ser prescritos em qualquer fase do problema, seja um problema agudo (recente) ou crônico (persistente), desde que amparados por uma criteriosa avaliação clínica. Os exercícios para o manguito rotador, quando determinados corretamente, além de eficazes, são seguros.

 

REFERÊNCIAS
1.    Braun C, Hancard N, Batterham A, Handoll H Betthäuser A. Prognostic models in adults undergoing physiotherapy for rotator cuff disorders: a systematic review. Phys Ther, 2015 [epub ahead of print]
2.    Kuhn J et al. Effectiveness of physical therapy in treating atraumatic full-thickness rotator cuff tears: a multicenter prospective study. J Shoulder Elbow Surg. 2015; 22(10)
3.    Klintberg I, Cools A, Holmgren T, Holzhausen A, Johansson K, Maenhout A, Moser J, Spunton V, Ginn K. Consensus for physiotherapy for shoulder pain. International Orthopaedics (SICOT). 2015; 39(4);
4.    Kukkonen J et al. Treatment of non-traumatic rotator cuff tears: a randomized controlled trial with one-year clinical results. Bone Joint J. 2014; 96-B:75-81

error: Content is protected !!