Orientações Pós-operatórias

  • Logo após a cirurgia o paciente permanece de 3-4 horas na sala de recuperação até que seja liberado para o quarto. Em cirurgias ambulatoriais o paciente é liberado diretamente da sala de recuperação para casa.
  • Caso não haja disponibilidade de leito no hospital o paciente ficará na sala de recuperação sob cuidados da equipe de enfermagem e anestesia.
  • Durante as primeiras 24hs o paciente estará sob efeito do bloqueio anestésico do plexo braquial. Isso ajudará a controlar a dor fazendo com que sinta o membro superior anestesiado.
    Assim que possível é desejável que o paciente inicie o movimento da mão e dedos. Um pouco de rouquidão e irritação na garganta são esperados. No dia seguinte começará a movimentar o cotovelo fora da tipoia, devendo realizar esse exercício 3x ao dia.
    Não movimente o ombro até que o médico autorize.
  • Mesmo nas cirurgias artroscópicas é esperado algum grau de dor pós-operatória, que será controlada por medicamentos.
  • O paciente terá alta hospitalar usando medicação analgésica. Atualmente raramente temos usado antiinflamatórios no período pós-operatório sob risco de atrasar a cicatrização. Caso haja algum disconforto estomacal o paciente poderá usar Peprazol 20mg pela manhã em jejum por 21 dias.Medicações derivadas de opióides como Tylex® costumam diminuir o trânsito intestinal diminuído a freqüência da evacuação. Caso essa prisão de ventre esteja lhe causando desconforto use Metamucil® 1 envelope dissolvido em um copo de água pela manhã. Caso este não resolva use Lactulose® 15 ml via oral de 8/8hs.Não é necessário usar nenhuma medicação fixa. Use-o conforme a dor for exigindo. Não use o antiinflamatório por mais do que 5 dias pois podem atrasar o processo de cicatrização e/ou consolidação. Em cirurgias maiores costumamos prescrever antibiótico por sete dias. Esta medicação é de uso fixo pelo período prescrito.
  • Na cirurgia videoartroscópica é permitido o banho normal no dia seguinte à cirurgia. Nas cirurgias abertas o banho só é permitido após dois dias.
  • Entrar no banho com o curativo e retirá-lo durante, lavando a região dos pontos com o sabonete anti-séptico. Não estranhe se sair um pouco de sangue pelo corte, isso é normal.
  • Hematomas no ombro, braço e mama são esperados mesmo nas cirurgias artroscópicas. A coloração amarela-esverdeada do hematoma significa sua reabsorção.
  • Para lavar a axila incline o corpo para frente.
  • Após o banho cubra os pontos com Band-aid® (videoartroscopia) ou gaze com micropore (cirurgia aberta). Caso apresente alergia ao micropore use transpore, também disponível nas farmácias.
  • Não é necessário passar nenhum produto nos pontos como creme, pomada ou anti-séptico.
  • A retirada dos pontos será feita dentro de 5-7 dias após a cirurgia. Cirurgia de cotovelo após 14 dias geralmente.
  • O gelo é um importante analgésico e antiinflamatório. O seu uso diminui a dor pós-operatória, o edema e o hematoma e faz com que o paciente necessite de menos medicação e melhora a recuperação do movimento da articulação evitando a rigidez. Recomendamos que a aplicação de gelo no ombro seja feita com uma veste especial. Use-a por 30 minutos com intervalo de 1 hora enquanto houver dor. Passe um hidratante após o gelo para evitar ressecamento da pele
  • Após a retirada dos pontos, o paciente poderá passar o gel Contractubex®, massageando 2x ao dia, para melhorar a estética da cicatriz. Não exponha a cicatriz ao sol por no mínimo seis meses. Caso o faça use bloqueador solar para evitar o escurecimento da cicatriz.
  • Use a roupa normalmente, vestindo-a pelo lado operado inicialmente e retirando-a pelo lado não operado. Use a tipóia por cima da roupa. Retire-a para os exercícios, banho e para as refeições. Mulheres podem usar o sutiã assim que se sentirem confortáveis. O uso da tipoia é imprescindível quando o paciente estiver na rua, locais públicos e ao dormir
  • Na maioria das cirurgias de ombro recomendamos o uso de uma tipóia funcional.  Ela mantém a articulação em uma posição neutra o que facilita a cicatrização das estruturas ao redor, prevenindo a rigidez articular, melhorando a recuperação do movimento.
  • Alguns exercícios serão liberados para o período pós-operatório. A fisioterapia com um profissional iniciará, via de regra, após a retirada da tipóia, com a recomendação do médico.
  • Dependendo da patologia, o paciente receberá um kit para realização de exercícios domiciliares, composto de um bastão portátil, uma roldana de porta, uma faixa elástica tipo Theraband® e uma cartilha com orientações. Esse material facilitará o processo de recuperação permitindo com que o paciente também realize fisioterapia em casa.
  • O medico decidirá se o paciente terá a necessidade do uso ou não, sendo definido no momento da cirurgia.
  • Os pacientes que dispõe de reembolso devem verificar junto à sua operadora de saúde quais os documentos necessários e solicitá-los à equipe médica (nota fiscal, laudo médico) e ao hospital (folha de sala, ficha de anestesia, nota de internação, nota de alta, etc) respectivamente.
  • O acerto dos valores de internação hospitalar e materiais cirúrgicos serão feitos diretamente com o hospital.
  • Mesmo após alta do tratamento você poderá ser solicitado a comparecer no consultório e realizar exames de imagem para fins de pesquisa. Os exames de imagem ficarão arquivados com a equipe. Todos os laudos destes ficarão com os pacientes.
  • Qualquer dúvida não hesite em contactar-nos.
error: Content is protected !!