Blog & Notícias

Dr Marco Tonding no 11° Fórum de Preceptores da SBOT

Dr Marco Tonding no 11° Fórum de Preceptores da SBOT

O Dr Marco Tonding participou nos dias 1° a 03 de agosto do 11° Fórum de Preceptores da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia(SBOT) em Guarulhos.

O evento tem como objetivo a formação, coordenação, planejamento e supervisão do médico preceptor em Ortopedia e Traumatologia, assim como o planejamento e implementação do calendário dos treinamentos e programas de ensino voltados aos médicos preceptores.

 

 

More

Grupo de Cirurgia de Ombro da Santa Casa realiza duas cirurgias inéditas

Grupo de Cirurgia de Ombro da Santa Casa realiza duas cirurgias inéditas

O Grupo de Cirurgia de Ombro da Santa Casa de Porto Alegre realizou ontem duas cirurgias inéditas – transferência de trapézio inferior vídeo assistida para rotadores externos do ombro e transferência direta do peitoral maior para deficiência do serrátil anterior devido à paralisia do nervo torácico longo.

Parabéns a todos os envolvidos e uma boa recuperação aos pacientes!

 

 

More

R4 em Cirurgia de Ombro e Cotovelo

R4 em Cirurgia de Ombro e Cotovelo

Os Drs Ivan Simionato e Lara Locatelli finalizaram o ano de R4 em Cirurgia de Ombro e Cotovelo.

Agora aguardam a prova de Título para entrarem na Sociedade Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo.

O Grupo de Cirurgia de Ombro da Santa Casa é um dos poucos Serviços do Sul do país credenciado pela Sociedade Brasileira para oferecer esse treinamento.

Parabéns aos futuros especialistas!

 

 

More

Discussão das terças: Consolidação do enxerto do coracóide

Discussão das terças: Consolidação do enxerto do coracóide

 

Consolidação do enxerto do coracóide: uma avaliação quantitativa por tomografia computadorizada na cirurgia de Latarjet primária e de revisão.

 
O objetivo da cirurgia de Latarjet é a restauração da estabilidade do ombro, sendo que a posição adequada e a consolidação do enxerto do coracóide são fatores determinantes. O objetivo deste trabalho é estabelecer um método reprodutível de avaliação quantitativa da porcentagem de consolidação óssea (PCO) do enxerto de coracóide utilizando a tomografia computadorizada, além de determinar o efeito de outros fatores na PCO.

Foram avaliadas tomografias de 41 pacientes consecutivos, tratados com a cirurgia de Latarjet, sendo 37% destes cirurgia primária, e 63% cirurgias de revisão, operados entre 2006 e 2015. As imagens foram analisadas por 2 radiologistas especialistas em musculoesquelética, independentemente, em 2 sessões separadas com intervalo de 4 meses. Foram extraídos dados como: posição e tipo de parafusos (canulados ou não canulados, rosca total ou rosca parcial), posição e tamanho do enxerto, e porcentagem de consolidação do enxerto.

A média da PCO foi de 66% (0-94%) utilizando métodos quantitativos, com uma boa confiabilidade intraobservador (ICC=0.795) e interobservador (ICC=0.797). Não consolidação e reabsorção significativa do enxerto foram encontrados em 2 pacientes. Não foi encontrada diferença significativa entre a média da PCO da cirurgia primária (63%) versus cirurgia de revisão (67%). Os enxertos ficaram rentes à glenóide em 39% dos casos, medial à glenóide em 36% e lateral em 8%. Obtiveram maiores porcentagens de consolidação os enxertos que ficaram rentes à glenóide (69%) ou mediais à ela (72%), comparados com os enxertos laterais (65%), apesar destes dados não atingirem significância estatistica. PCA foi maior quando o ângulo do parafuso superior no plano axial foi menor que 17% e o parafuso inferior menor que 24% (sem significância estatística). O tipo do parafuso não influenciou na porcentagem de consolidação óssea.

Conclusão: A avaliação quantitativa da consolidação óssea do enxerto utilizando um método reprodutível mostrou PCO similar no procedimento de latarjet primário e de revisão.

Clique e baixe o artigo completo.

 

 

More
error: Content is protected !!