All Posts tagged cotovelo

Artigo – Comparison of scapular kinematics and muscle strength between those with a positive and a negative Scapular Assistance Test

Artigo – Comparison of scapular kinematics and muscle strength between those with a positive and a negative Scapular Assistance Test

Hoje, na reunião do “Journal Club” discutimos o artigo “Comparison of scapular kinematics and muscle strength between those with a positive and a negative Scapular Assistance Test” (em tradução livre, “Comparação da cinemática escapular e força muscular entre aqueles com um teste de assistência escapular positivo e um negativo”), pesquisa de uma universidade brasileira publicada em 2020 na revista científica “Clinical Biomechanics”.

O intuito do encontro foi discutir como movimentos anormais da escápula podem causar dor ou gerar perda de controle no ombro afetado.

As reuniões fazem parte do programa de Especialização em Cirurgia de Ombro e Cotovelo, e são apresentadas por ortopedistas alunos do curso. O evento também conta com a presença de ortopedistas, fisioterapeutas e é aberto para os demais membros da comunidade científica.

Confira o artigo no link.

Leia mais

7º Closed Meeting

7º Closed Meeting

Nesta última semana, nossos especialistas, Dr. Fábio Matsumoto e Dr. Fernando Mothes participaram do 7º Closed Meeting, congresso realizado pela SBCOC.

Dr. Fabio debateu sobre os acromiales e a lesão do manguito rotador e quais as melhores opções de abordagem cirúrgica para tratar o problema. Já o Dr. Fernando explicou sobre o melhor momento para realizar o reparo do manguito rotador em pacientes acima de 75 anos.

Leia mais

Capsulite adesiva

Capsulite adesiva

Você já ouviu falar em capsulite adesiva? Popularmente conhecida como “ombro congelado”, essa inflamação afeta a cápsula que reveste a articulação do ombro, o que causa muita dor e acaba limitando os movimentos. O Dr. Fernando Mothes lista algumas causas, sintomas e tratamentos para a doença! Confira aqui:⠀

💪🏼 Ocorre por traumas sofridos pelo ombro ou como reflexo de doenças sistêmicas, como diabetes, hipotireoidismo ou cardiovasculares.⠀
💪🏼 É mais comum em pacientes acima dos 40 anos.⠀
💪🏼 Acomete mais mulheres do que homens.⠀
💪🏼 O tratamento é focado em reduzir o desconforto causado pela dor, com a utilização de medicamentos anti-inflamatórios ou bloqueio do nervo supraescapular.⠀
💪🏼 Alongamentos podem ser indicados para ajudar na retomada das movimentações na região.⠀

Leia mais

As causas mais comuns de fratura de cotovelo

As causas mais comuns de fratura de cotovelo

O cotovelo é formado por três ossos: o úmero, o rádio e a ulna. Qualquer um deles pode sofrer problemas, seja de forma individual ou associada. As causas mais comuns de fraturas no cotovelo são quedas, acidentes ou lesões durante atividades físicas. Ou seja, qualquer tipo de pancada ou sobrecarga pode machucar a área.⠀

O tratamento varia conforme o osso afetado e o grau de deslocamento da fratura. Problemas que no rádio usualmente não exigem intervenção cirúrgica e podem ser tratados com imobilização local e fisioterapia.⠀

Lembre-se que, quanto antes você conversar com o seu médico, mais rápido e efetivo será o tratamento!

Leia mais

Natação e o condicionamento físico

Natação e o condicionamento físico

A natação é uma excelente prática esportiva para quem está buscando melhorar o condicionamento físico. Mas você sabia que ela também é uma excelente alternativa para fortalecer seus músculos? ⠀⠀
⠀⠀
Os movimentos proporcionados pela natação são ideais para quem busca uma hipertrofia moderada. O esporte também é um poderoso aliado para tonificar o tecido muscular e melhorar a circulação. ⠀⠀
⠀⠀
Por ser praticada na água, a natação também oferece baixo impacto, o que torna menos comum a incidência de lesões. Porém, é importante sempre nadar com a orientação de profissionais, já que exercícios com cargas erradas podem originar outros problemas. “É um esporte extremamente técnico, por isso, no início, foque na técnica e não na intensidade, o que pode prevenir sobrecargas e inflamações que causam dores”, explica o Dr. Fábio Matsumoto. ⠀⠀

Leia mais

Ombro de nadador

Ombro de nadador

A natação é uma excelente atividade física para quem busca saúde e condicionamento físico, sem necessidade de realizar um exercício de grande impacto. Porém, é preciso ficar atento aos problemas. ⠀

Sintomas da lesão: 

  • Dor muito forte no ombro, principalmente ao levantar o braço. 
  • Sensação de algo parecido com um choque elétrico e formigamento que vai do ombro até os dedos das mãos. 
  • Ao fazer movimentos simples, como pentear o cabelo, por exemplo, a dor torna-se ainda mais intensa.

Causas

  • Execução incorreta da braçada.
  • Falta de fortalecimento e de alongamento do músculo.
  • Fadiga muscular por movimentos repetitivos.
  • Desequilíbrio de força muscular.
  • Prática sem orientação de um profissional

A natação é um esporte de baixo risco para lesões, mas quando feita da forma certa! Tenha em mente que a atividade, se realizada sem orientação de um profissional e com mais intensidade do que o seu organismo aguenta, ela pode, sim, causar problemas, como o chamado “ombro do nadador”. ⠀

Portanto, lembre-se de sempre realizar suas atividades físicas sob supervisão de profissionais e busque a orientação médica quando sentir algum tipo de desconforto causado pela prática esportiva.⠀

Leia mais

A importância de uma avaliação funcional com um especialista antes de uma cirurgia

A importância de uma avaliação funcional com um especialista antes de uma cirurgia

Você sabe qual a importância de uma avaliação funcional com um especialista antes de uma cirurgia no ombro? Essa análise inicia com uma história detalhada das queixas do paciente e, em seguida, é feito o exame físico, observando a mobilidade do ombro, além de testes específicos. Exames de imagem são solicitados para complementar a avaliação em busca da causa das queixas. ⠀

A partir da análise dos exames chega-se a uma proposta de tratamento, que pode ser cirúrgica ou não-cirúrgica. Como explica o Dr. Fábio Matsumoto, especialista em cirurgia de ombro e cotovelo, ao constatar-se que o problema necessita cirurgia, parte-se para a avaliação pré-operatória, com exames de sangue, cardiológicos e avaliação anestésica. “Em determinados casos, realizamos uma avaliação funcional pré-operatória por meio de escalas, que será repetida no pós-operatório. Com tudo preparado, a cirurgia é agendada pela equipe cirúrgica”, completa.⠀

Leia mais
error

Compartilhe nosso site: